21.5.06

recém ex-fumante

ainda no clima "mudar de vida", acabo de tomar uma decisão: parei de fumar! torno público, para ser cobrada. se bem que nunca quis ser coerente... mas agora é sério, há alguns minutos que não fumo mais. a crise de abstinência ainda não começou. mas eu sei que ela virá. já parei outras vezes. mas agora é sério. e eu sei que ela virá. e que eu vou pensar em pedir um cigarrinho pra alguém dizendo pra mim "só mais este, é o último". e que isso é mentira. e que eu não me engano. então, não vou botar mais um cigarro na boca. nem um trago, nada. e vou me contorcer. e vou ficar inquieta. agitada. tensa. mau humorada. irritada. e vou bater as pernas. e vou apertar as mãos. e vou ficar sem saber o que fazer com as mãos. e vou segurar uma caneta como se fosse cigarro, ao sentir que me falta algo entre os dedos. e vou puxar o ar pela boca, como se fosse fumaça. vou encher os pulmões de ar e soltar. tsss... pffff... inspira. expira. e eu vou pirar!... mas vou parar de fumar!

porque assim:
1. vou sentir cheiros;
2. vou sentir gostos;
3. vou ter mais fôlego para beijar, dançar, fazer trilhas etc;
4. vou ter meu próprio cheiro;
5. vou ter hálito de pasta de dente;
6. minhas unhas não ficarão mais amareladas e quebradiças;
7. meus dentes ficarão mais brancos;
8. minha rinite alérgica mais amena;
9. meus pulmões mais limpos;
10. minha voz menos rouca;
11. vou gastar menos dinheiro;
12. minha casa ficará mais limpa e cheirosa;
13. não ficarei irritada com placas de proibido fumar;
14. serei uma mulher mais independente;
15. serei uma mulher mais saudável.

e pra isso, eu vou:
1. passar um tempo sem tomar café;
2. dar um tempo na bebida alcóolica;
3. mascar chicletes o tempo todo;
4. beber água, muita água;
5. me afastar um pouco dos amigos fumantes ou fazer aquela proposta clássica: "vamos parar juntos?"
6. quando a vontade apertar, fumar daquele que não me vicia, só pra sentir o gostinho de tragar.

se algum ex-fumante bem sucedido tiver mais alguma dica ou quiser me deixar uma palavra de incentivo, por favor, comente. todo apoio nessa hora é bem vindo. só não gosto de ex-fumante chato que vira antitabagista de plantão!

8 comentários:

zé disse...

parabéns

MANXA disse...

É, não é fácil! Eu já parei várias vezes; a mais longa foi um ano, recomeçando a fumar outra vez por brincadeira mesmo. Mas acredito que é possível parar -a minha técnica é o de fumar e beber até sentir completamente intoxicado, e nos dias seguintes não ter mesmo vontade de fumar. Se não houver muito stress é possível parar depois desse primeiro par de dias de abstinência; já testei a técnica e resulta. Faz dois dias que parei de fumar...
Boa sorte
Ricardo

Anônimo disse...

um dia de cada vez... os clichês nessas horas serão os maiores companheiros. bacana, torço e retorço pelo seu sucesso nessa sua investida!!!

Beatriz Tavares disse...

valeu, queridos! eu vou conseguir!... já estou tensa, agitada, inquieta... já dei uns berros pela casa... fico andando de um lado pro outro... sem rumo... não consigo me concentrar em nada. nada! não saio na rua, pra não ver cigarro na minha frente... nunca fui muito normal, mas sem fumar, eu fico louca!... ahhhhhhhh... tsss... pffff... inspira. expira. vou superar, vou superar. com a ajuda do chocolate alpino, tudo vai se resolver. agradeço as manifestações de apoio. dão mais força pra minha vontade.

Vianna disse...

Para minha dica já é tarde: Nos primeiros dias não conte pra ninguém. Quanto mais pessoas sabem, mais comentam contigo e mais tu lembra que não pode fumar.

Mas... espero que não tenhas mais chance de aplicar meu conselho.

Beijos,
Vianna

Fabiano Reis disse...

beijar tb distrai a vontade de cigarro.

Makely disse...

Alguns minutos sem fumar já é um bom começo! E melhora o beijo...

Beatriz Tavares disse...

Mas, Vianna, eu já lembro o tempo todo! Vc não sabe o que é uma crise de abstinência depois de dez anos fumando. Prefiro contar pra todo mundo, que as pessoas me dão apoio!

Fabiano, beijar dá vontade de sexo e depois de fazer sexo dá vontade de fumar. Ai, meu Deus, eu não tinha pensado nisso! Será que vou ter que me internar num convento também?!?!...

Makely, já estou há mais de 24 horas sem fumar!!! Tá foda! Tá difícil pra caralho! Mas eu sou mais eu, eu consigo segurar a onda.

Beijos com hálito de pasta de dente!