11.12.07

guia de viagem

brota um querer
tomado de êxtase e fúria
certo como 2 e 2 e 2...
cresce o querer
na extensão do corpo

toma forma
e poros afora
vaza
e evapora
vai dar na imensidão dos ares
sigo o vôo de cada partícula
vou longas asas
abraçar o infindável
e mesmo lá do alto
pisar a terra
os pés no chão
no seu pulsar
ritmo das passadas
caminhar
um querer, um guia
excursão, a vida
mudem as rotas
alterem-se os mapas
vigore toda uma nova geografia!...
conheço a terra que piso
abro a facadas minha trilha
invento novas vias
atalhos, alguns
mas me encanta
a sinuosidade
das voltas
a languidez
dos zigue-zagues
a obliqüidade
dos retornos
nunca ao mesmo lugar
o lugar nunca é o mesmo
não sou eu a mesma ao voltar
o querer é a linha de chegada
mas não desprezo o prazer
de uma boa caminhada
fotografo com o olhar
cada paisagem
a bagagem carregada de desejos
largo alguns pelo caminho
quando o que levo pesa
e me quero leve
sempre guardo espaço
pra levar lembranças
e em cada canto
tudo mais que ecoar
o querer que hoje me guia
me leva muito a viajar
são viagens a outros estados
sólidas, líquidas, gasosas
são viagens ao exterior
ou incursões

dentro de mim.

4 comentários:

anjobaldio disse...

Cheguei aqui através da Samantha. Muito bom teu blog. Um forte abraço.

Beatriz Tavares disse...

Beleza, seja bem vindo! Beijos!

Dante D`Verona disse...

Sim, boa, boa...

ACSB disse...

Continuo fomentando o meu blog, devagar e sempre, inspirado por você. Segue abaixo o último txt produzido.

Tua presença


Quantas tardes seriam
menos brutas, menos rudes.
Tantas manhãs mais felizes,
todas as noites mais calorosas.

Quantos rios verteriam
suas águas sob meu olhar.
Como passear de bicicleta,
nós nunca nos esqueceríamos.

Quanta dor cessaria,
se tudo o que eu ouvisse
fosse o canto da tua respiração,
a inflar meu coração.

E tudo assim ficaria,
para tudo bastaria,

a tua simples presença.

acsb