31.7.07

Paradoxos

para Juju Hollanda

Tem algo nesses olhinhos que é inquietação e angústia
e os olhos brilham, doces, serenos, quase inocentes
como se a noite fosse uma criança com quem se brinca
Tem algo nesses olhinhos que é desejo e fúria
e tem um quê de amor e calma
Tem brilho que é luz refletida das ruas,
e tem toda a luz que emana da alma.

Tem algo nesse sorriso que é pureza e doçura
e o riso se expande numa gargalhada
como se fosse espanto a madrugada!
Tem um rir que é de histeria e medo
Tem algo que é um leve abandono
Há um riso que ri de si mesmo
e os sorrisos que vagam sem dono...

Tem algo nesses versos que é noite sem fim
que se acua sem saída em becos escuros
Mas há sempre, nesses versos, uma luz que raia
Tem sempre algo que amanhece
pés descalços na areia da praia...

3 comentários:

jupyhollanda disse...

sim! Essa sou eu...
sim! Meu EGO tá inflado...
sim! A Bia no pouco tempo que nois conhecemos, pescou nunces e golpes de tinta em mim que muitas (acho q todas) amigas de infância, nunca tiveram a alma de perceber...

Bia vc é Fada! Vc é F*da!

Adoro-teeeee!!!!

E obrigada pelo presente + significante e significativo dos ultimos tempos...

Bjos

Juju Hollanda

Carol Luisa disse...

Oh,Bia,amei te conhecer lá no CEP.;)

Voltarei!Vou ter q voltar!


Beeeeeeeeeeijos
=***************************
Carol.

Beatriz Tavares disse...

Juju, vc merece, amiga linda!
Carol, tb gostei de te conhecer! Volte sempre, sempre, sempre!...
Beijos!